Páginas

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Festa Junina: Arraiá Dalice Nunes

 Piuí! Piuí! Piuí! Preste atenção que estou passando...




Olá meus queridos tripulantes que estão curtindo este recesso. Eu (Emilly) e minha duplinha (Ana Luiza e Erika) estamos de volta dando continuidade as postagens.

Como esta semana foi de muitos festejos, nós não iríamos deixar de falar do Arraiá do Dalice.

Pessoal que estava lá e que não estava, eu digo, foi muito bom! Chegando no CEIN avistei uma galera muito animada que em mente não imaginaria que estivesse lá e são eles os antigos alunos do CEIN,   e foi ótimo revê-los. Esse evento que reuniu a todos estava muito animado, colorido e bem atraente, pois a cada minuto que se passava chegava mais alunos com seus respectivos familiares e amigos. A essas pessoas quero agradecer por terem aparecido  para compartilhar  o nosso São João (Arraiá).

Lembrando que as apresentações foram iniciadas pelas meninas do Pau de Fitas, em seguida pelas meninas que dançaram no estilo country e logo depois houve um pequeno intervalo para o concurso de forró, em que foram tocadas músicas de vários cantores famosos e alguns da nossa região. Todos dançaram muito bem! Houve também um desfile para premiar os alunos melhor caracterizados no estilo caipira junino. Por fim,   aconteceu o casamento caipira, seguido da quadrilha, sendo  esta narrada pela aluna do 3º ano Soraia, que  animou o pessoal com as suas graças e gritos como:

"Vai que é tua Diogo!"
"Cadê Dioguinho?"
" Peru... Oh, Peru!"
"Cadê a noiva? Perdi a noiva de novo! ACHEI!"
"Eita que eu nunca vi Peru voar assim!"
"Sacode, Geovana!"
"Estiiiiica!"

Confiram os detalhes dessa animada quadrilha!




Nossa eu nem sei o que dizer, esse ano os alunos, professores, coordenadores e secretários e cozinheiras contribuíram muito, pois se não fossem por eles não sairia tão bem como saiu.
Quero minha Equipe, eu e os demais contribuintes do CEIN agradecer a presença de todos que se  dispuseram a comparecer no Arraiá do Dalice.

Essa era a intenção: Alegrar, Divertir e Compartilhar! Confiram no slide abaixo alguns registros dos nossos momentos! Feliz São João!

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Arraiá do Dalice Nunes

Piuí! Piuí! Piuííí! Preste atenção que estou chegando...

Olá tripulantes e amigos do LLM! Eu (Emilly) e minha equipe (Ana Luiza e Erika) daremos
Continuidade as postagens da semana.


A comunidade CEIN  está ensaiando e preparando tudo para  receber todos vocês e garantir a diversão. 
Iremos em nossa primeira postagem falar sobre o São João do CEIN (Colégio Estadual Idalice Nunes), pois como é um mês de muitas festas juninas, é claro que não poderiamos ficar de fora dessa. Estaremos nesta sexta- feira 19/06/2015 reunidos para o Arraiá do CEIN com muita animação. Tendo o apoio da direção, todos os professores, demais funcionários e a colaboração de Soraia do 3º Ano A e aluna da oficina Expressão Corporal do ProEMI, que com muito esforço e dedicação estará animando e coordenando a quadrilha e o casamento caipira. Também teremos outros colaboradores nas demais apresentações que serão as seguintes:  

. Quadrilha;

. Dança  Country;

. Casamento caipira;

. Pau de Fitas;

.Concurso de Forró;

.Comidas Típicas;

"Intonsi vai sê bão por dimais se todos ocês vim cá e trazer sua mainha, paín, tia, prim, irmãos e amigos pra se adiverti e dançá um forrozin cá gente!"

Customização dos diários físicos dos novos tripulantes LLM

Piuí  Piuí, galerinha que viaja a bordo da LLM!

E aí vamos compartilhar momentos?! Passo hoje para fazer o registro da nossa sexta oficina de leitura e letramento “Customização dos diários físicos dos novos tripulantes LLM” que aconteceu no último dia 16 de junho de 2015 e para convidá-los a interagir aqui conosco. Pois, o letramento acontece, principalmente, por meio dos diálogos cotidianos.

No horário costumeiro, todos os tripulantes na estação, embarcamos na LLM e no ritmo “Café com pão, café com pão, café com pão” logo avistamos nossa primeira paisagem da tarde que foi a dinâmica “Rocambole”, nos divertimos, pois para essa tripulação tudo é diversão, e, antes de a perdermos de vista, fizemos nossas reflexões sobre o que aquela paisagem tinha de bela e significativa.
Quando cada um usa seus talentos espontaneamente o processo e resultado são prazerosos.
Seguindo no ritmo divertido que Bandeira chamou de café com pão chegamos às paisagens do desafio da semana “Tenho preguiça de...”. Pensa num povo preguiçoso! Não é atoa que essa tripulação viaja a bordo de uma locomotiva... Tá admito que estou tripudiando! :D A verdade  é que ao passarmos por essa paisagem  nos foi permitido conhecer um dos sete pecados capitais de que humano nenhum escapa em determinados momentos ou situações. Os tripulantes foram espontâneos e se divertiram com os detalhes desta paisagem. Sem contar que o aprendizado é sempre garantido em situações como essa.

Nessa viagem o que temos de garantido é que ao deixarmos uma paisagem, imediatamente avistamos outra e foi assim que adentramos na paisagem da customização dos cadernos dos novos tripulantes. De inicio avistamos os recursos proporcionados pelo Pro-EMI: cadernos, colas, tesouras e tudo o que fossemos precisar para nos perdermos nesta paisagem, explorando-a com muita criatividade para darmos personalidade aos diários físicos de cada tripulante que serão acrescidos do material trabalhado durante as oficinas no decorrer de 2015. Como os tripulantes veteranos já têm os seus, esses se dispuseram uns a ajudar seus colegas calouros e outros a recortarem e preencherem as carteirinhas dos novos tripulantes para serem entregues e assim, eles poderem fazer empréstimos dos livros do acervo LLM.

Eu conceituaria essa paisagem como muito produtiva e colaborativa para todos os tripulantes, tanto no sentido do resultado com seus cadernos/diários, como na riqueza de aprendizado que situações assim proporcionam a todos. Essa paisagem foi tão prazerosa que fizemos, apenas, um pequeno desvio para a do lanche mastigar umas “kozitas” e a ela retornamos até o "Piuíííí!" do desembarque.

Confiram nossa galeria de fotos e digam se gostaram das paisagens aqui descritas! Esperamos por suas interações!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Indicação Literária: O Doador de Memórias

Olá leitores! Eu (Leticia) e a minha equipe (Nayla e Guilherme) seguimos com as postagens da semana. E dessa vez vamos falar sobre o livro O Doador de Memórias.

Ok. Eu confesso que essa é uma indicação bem pessoal, pois na minha equipe apenas eu li essa distopia. Estou tentando, entretanto, convencer tanto a vocês quanto aos meus colegas de equipe a mergulhar nessa literatura junto comigo.

Sinopse do livro


"Jonas vive num mundo onde não há pobreza, crime, doença, fome, divórcio, medo nem dor. Todos têm família, saúde, emprego, educação e lazer. As pessoas são treinadas para manter seus sentimentos sob controle. As regras de conduta são invioláveis, os desejos, reprimidos, e o amor é uma palavra que não existe no vocabulário. A ordem e a paz reinam absolutas. Mas esse universo cuidadosamente construído começa a desmoronar quando Jonas completa 12 anos. Na Cerimônia anual em que todas as crianças dessa idade recebem dos governantes sua Atribuição – a carreira que deverão seguir para o resto da vida –, o menino vê sua amiga Fiona ser nomeada Curadora de Idosos e seu alegre companheiro Asher ser incumbido da função de Diretor-Assistente de Recreação. Ele, porém, é escolhido para desempenhar um papel especial: o de Recebedor de Memórias. Isso significa que será o único a guardar lembranças do passado e a ter conhecimento de sensações, experiências e sentimentos humanos que foram banidos daquele mundo. Para cumprir sua missão, Jonas é colocado sob a tutela de um sábio ancião, o Doador, que deverá lhe transmitir as lembranças. À medida que seu treinamento progride, ele começa a desvendar os segredos sombrios que se escondem sob aquela frágil perfeição. Aos poucos, ele passa a questionar o alto preço que sua sociedade paga para eliminar o sofrimento. Até que ponto evitar a dor pode nos tornar mais felizes? Vale a pena abrir mão das emoções para permanecer no caminho certo? Não são os sonhos, os desejos e as angústias que dão sentido à vida? Não conseguindo mais se adaptar àquela falsa realidade, Jonas terá outra cruel tarefa pela frente: escolher entre a própria vida e a salvação do seu povo. Envolvente e cheio de suspense, O doador de memórias tem o poder de suscitar nos leitores os mesmos sentimentos conflitantes e angustiantes do jovem herói, fazendo-os pensar no que seria uma sociedade perfeita."


O livro é bem filosófico. A sociedade é bem controlada e organizada. Mas, para isso eles tiveram que abrir mão de sentimentos tão reais e puros que simplesmente não consigo imaginar um mundo assim.

E também tem a questão das memórias. Parece-me muito covarde a escolha de livrar-se das lembranças. Claro que temos muitas manchas na história de nossa  existência, mas para quê nos livrarmos da consciência delas? Pelo contrário, penso que a consciência nos torna experientes. 

(Fonte: New Romantic)


O livro nos induz a pensar, e isso é maravilhoso. Passei uma semana inteira apenas refletindo sobre ele, imaginando-nos em um estilo de vida como esse. Com toda certeza é uma ótima leitura

Alguém aí já leu esse livro? O que achou dele? Comenta aí :)

sábado, 13 de junho de 2015

São João 2015 em Guanambi

(Fonte: iGuanambi)

Olá leitores! Eu (Leticia) estou de volta! Mas, a minha equipe mudou. Nesse ano letivo, contarei com o auxílio dos meus colegas de oficina, Nayla e Guilherme. E como estamos no mês de junho, falaremos um pouco sobre as festas juninas, comemoradas sempre nesta época do ano.

Essa época do ano é fortemente festejada em todo o Brasil, principalmente na região nordeste. E o que temos de mais próximo ao que acontece em nossa região que o Sudoeste Baiano, pode ser confirmado nesta matéria: "As Comemorações Juninas no Brasil: São João em Caruaru e Campina Grande" (publicada pela Yoki).

Aqui em Guanambi não poderia ser diferente, pois fazemos parte dessa grande nação nordestina que sabe apreciar suas riquezas. Por falar em riquezas, temos em nossa cidade grandes representantes da arte e cultura. E no cenário musical, Gil Martins é um desses artistas que tão bem representa os músicos da nossa cidade e região, tanto em outras esferas musicais como no que diz respeito ao bom forró pé-de-serra. O cantor fará a abertura das comemorações juninas do São João de Guanambi no   domingo (14 de junho) e nos próximos dias até  21 de junho muitos outros artistas da terra darão inicio às noites de festa, fazendo  aberturas para bandas e cantores de forró do nosso vasto cenário brasileiro. Todos os shows acontecerão na tradicional Praça do Feijão. 

Sabendo da forte tradição e influência junina em nossa cidade, a TV SUDOESTE BAHIA fez uma matéria sobre como será o São João 2015 por aqui. Vamos conferir? 

video

Pessoal, tenham um bom São João! Aproveitem as delícias típicas desta data: comidas, quadrilhas, brincadeiras e muito forró! Ah! Venham para o São João de Guanambi, como viram teremos uma semana de muito forró e animação!  

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Exploração do letramento por meio do LLM – Parte final

Piuí  Piuí, galerinha que viaja a bordo da LLM!

E aí vamos compartilhar momentos?! Passo hoje para fazer o registro da nossa quinta oficina de leitura e letramento “Exploração do letramento por meio do LLM – Parte final” que aconteceu no último dia 09 de junho de 2015 e para convidá-los a interagir aqui conosco. Lembrem-se o letramento acontece por meio dos diálogos cotidianos.

Já a bordo da LLM apreciamos as paisagens românticas e significativas do vídeo “ Lembro quando”.Dia dos namorados está chegandoooo! Bem, essa paisagem rendeu boas reflexões! Para ficar melhor, logo chegamos as paisagens super engraçadas da “Dinâmica do papel higiênico” . Aí já viu, né? A tripulação deu show de interpretações e risos! Conversamos sobre os propósitos da mesma e... seguimos viagem!

Caso alguém não saiba, deste ponto para frente estávamos retomando de onde paramos na semana anterior. Confiram o que fizemos antes aqui. Assim, reavistamos a barra lateral do LLM e por ali passamos mais tempo a contemplar as demais paisagens recomendadas e seus respectivos textos selecionados, dessa forma:

• No Geração Leitura → “Especial:20 de Março Dia do Blogueiro”;
• No A Thousand Lifetime →“10 Musicas de Animação com As Melhores Mensagens”;
• Os videos de apresentação dos sites  Aulalivre.net youtube e  Descomplica-youtube ;
• No autor Desconhecido →“ Minha Inguinorância  é Pobrema Meu”;
• No Contos do Covil → “Gangnam Style, Latino e a Educação Brasileira” ;
• No Curtas Metragens Youtube→ “A Ponte”.
Ao contemplarmos a última paisagem recomendada pelo LLM foi sugerido aos tripulantes que sempre voltassem ali nas visitas recomendadas, apreciassem  e interagissem com todos os textos que lhes chamassem a atenção, ou precisassem em determinados momentos de suas vidas.
A pedidos e porque ainda tínhamos tempo naquela tarde, retornamos (com novos temas) às paisagens da dinâmica “Letramento Infinito” desenvolvida na nossa segunda oficina deste ano. Muito animados, os tripulantes compartilhavam aprendizados sobre as paisagens/temas quanto ouviram “Piuíííí!”, ou seja, estávamos chegando à estação de desembarque daquela tarde proveitosa.


Aqueles que passam por nós não vão sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós. (Exuperry)

P.S: Esta foi a última tarde em companhia de Darlane,  nossa tripulante e companheira de aventuras, que esteve conosco durante todo o ano de 2014 e que agora nos deixa com saudades, mas ao mesmo tempo orgulhosos, pois ela foi selecionada para o jovem aprendiz e passará as tardes fazendo um curso no SENAC objetivando fazer parte do quadro de funcionários de uma das empresas de nosso município. Nós do LLM torcemos muito para que essa porta que se abre à Darlane seja a promessa de muitas conquistas futuras!
Confiram nossa galeria e diga-nos um “Oiii!” nos comentários!

terça-feira, 9 de junho de 2015

Resenha: Trilogia Divergente

Olá pessoal! Sendo eu (Samara) e minha equipe (Letícia Pozzi e Fabiano) responsáveis pelas postagens da semana, estamos aqui hoje pra falar sobre livros! Vocês com certeza já devem ter ouvido falar nessa Trilogia que é divido em três livros: Divergente, Insurgente e Convergente, da Veronica Roth e  que ainda possui um quarto livro que nada mais é que contos narrados por Quatro (um dos protagonistas da série) numa linha de tempo intransitável – antes e depois de seu próprio teste de aptidão- contendo ainda, três cenas inéditas!

O enredo cativa até mesmo aqueles que não possuem o hábito da leitura, já que as sequências de fatos não seguem uma linha tênue onde o leitor é capaz de, no mínimo, prever os próximos acontecimentos diante das mais diversas situações em que os personagens se encontram.


Nos dois primeiros livros, ele é narrado somente por Beatrice Prior (Tris), mas no último ocorre uma alternância na narração, entre ela e Quatro que também é um dos protagonistas e  namorado de Tris. Confuso, não é? Mas é extremamente fascinante ver a história se passar entre dois pontos de vistas, sentimentos e sensações diferentes, já que as situações que a eles são impostas partem de um mesmo princípio.

Grande parte dos acontecimentos desse livro se passa dentro de Chicago, em um mundo pós Guerra que acarretou destruição por diversos lugares até mesmo dentro do pequeno distrito que é repleto de conflitos e segredos, onde todos pertencem a facções que são divididas e caracterizadas por:
.Abnegação (Altruísmo);
.Audácia (Coragem);
.Amizade (Generosidade);
.Fraqueza (Sinceridade);
.Erudição (Inteligência).

Cada pertencente a sua devida facção deve conter as qualidades/características que o torna realmente a ela pertencente. Mas possuem também os divergentes que são levados desde o início do livro a algo extremamente perigoso e que deve ser mantido no mais absoluto sigilo. O porquê você só descobrirá no decorrer do último livro. As facções trabalham para o desenvolvimento da cidade, os moradores não obtêm informação alguma do que se passa do outro lado do imenso muro, enorme tanto na sua altura, quanto em sua extensão

Beatrice, assim como os demais jovens são obrigados, aos dezesseis anos de idade, a passarem pelo teste de aptidão, para assim auxiliar na escolha e também descobrir qual facção seguir pelo resto de suas vidas. Então ela se encontra em situação controversa: Escolher ficar com sua família ou seguir sua própria vontade.

Seguinte ao seu tempo de adaptação à sua facção, Tris, juntamente com Quatro percebem que há algo de errado acontecendo, se vendo diante da parceria inimaginável entre Audácia e Erudição que possuem ideologias divergentes.

Diante dos conflitos internos cada vez mais freqüentes que fazem com que todos percam a visão de um futuro precavido, o medo de um futuro incerto vai tomando conta de todos. Vem então a pergunta: O que haveria do outro lado da fronteira? Seria viável uma migração em massa? Assim devem se posicionarem de forma em que as incertezas não tomem conta da razão, sendo inevitável porém, que alguns permaneçam fieis ao sistema de facções e outros questionem a razão daquela "organização" instaurada.

Devo confessar que fiquei apaixonada por essa série antes mesmo de terminar o primeiro livro! Cada capítulo nos traz novas surpresas e é extremamente viciante! Eu super recomendo e creio: todos  que tiverem a  oportunidade de conhecê-la  se apaixonarão pela série inteira, assim como eu! 

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Cobertura da Passeata do Meio Ambiente

      
Olá, pessoal! Eu (Samara) juntamente com minha equipe (Letícia Pozzi e Fabiano) estamos responsáveis pela primeira postagem de 2015 sendo eu, também, uma das colaboradoras do LLM.  E vamos hoje falar sobre  a preocupação como meio ambiente um assunto que afeta a todos nós na mesma intensidade, com isso temos o dever de cuidar e, principalmente, preservar o nosso planeta.


Diante de tal causa, no último sábado dia 06 de junho de 2015, o Projeto Recivida daqui da nossa cidade (Guanambi- BA), promoveu a passeata pelo meio ambiente apoiado pelo EAC (Encontro de Adolescentes com Cristo) e com as participações relevantes dos colégios estaduais Idalice Nunes e Luiz Viana Filho que marcaram presença, objetivando incentivar os seus alunos a praticarem a cidadania, viverem uma educação significativa e garantirem o sucesso  da nobre iniciativa do Recivida.
Porque se juntos nos preocupamos e agimos o meio ambiente agradece e retribui...

Para tal os professores da Área de Ciências da Natureza   do Idalice Nunes e responsáveis pelo sábado letivo desta data cuidaram, junto com o seu alunado de prepararem cada detalhe.  Assim confeccionaram cartazes, faixas e plaquetinhas enquanto trabalhavam o tema: A Terra pede socorro! Sensibilize-se, faça algo por ela! 

A passeata deu inicio, oficialmente, na Praça da Igreja Matriz da nossa cidade, onde todos se organizaram e colocaram a postos seus devidos cartazes e faixas para partirem rumo à Praça do Feijão,  com o carro de som logo no início, precedido pelos representantes do EAC, Recivida, Colégio Idalice Nunes e Colégio Luiz Viana Filho que também contribuiu na  passeata com a animação da Banda Marcial. A organização das escolas se deu por turmas do Fundamental ao Ensino Médio respectivamente e os subtemas trabalhados da seguinte forma:
. 9° ano com o lixo tecnológico;
.1° ano – Água;
.2° ano – Ar/ Efeito Estufa/ Ozônio;
.3° ano - Solo

A principal proposta dessa passeata foi a conscientização. As faixas, cartazes e pequenas placas estavam voltados a dicas cotidianas de como, em nosso dia-a-dia, podemos fazer a diferença com pequenas mudanças de hábitos. As áreas de foco de cada turma foram diferentes, mas a intenção era uma só: incentivar as práticas sustentáveis de modo que todos possamos fazer a diferença com atitudes que muitas vezes passam despercebidas.


Assim o ato final que marcou a nossa caminhada de conscientização e adesão ao proposto pelo Recivida, foi o plantio de uma muda na Praça da Prefeitura de Guanambi, realizada pelos representantes do Projeto Recivida em parceria com alguns alunos. Atos simples como esse podem mudar a nossa vida e garantir a de uma geração futura. 


A passeata foi, com certeza, um sucesso. Dando por merecido os esforços de todos os envolvidos que protagonizam e tomam a frente em iniciativas como essa, e que ressignificam nossas práticas errôneas em relação ao meio ambiente, tornando-as mais saudáveis e principalmente mais sustentáveis.

 Então, o que acharam? Deixe um comentário aqui embaixo. Serão todos muito bem-vindos! 

Made with Slideshow Embed Tool

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Formação das equipes de trabalho para as metas de 2015 e exploração do letramento por meio do LLM – Parte I

Piuí  Piuí, galerinha que viaja a bordo da LLM!

E aí vamos compartilhar momentos?! Passo hoje para fazer o registro da nossa quarta oficina de leitura e letramento “Formação das equipes de trabalho para as metas de 2015 e Exploração do letramento por meio do LLM – Parte I” que aconteceu no último dia 02 de junho de 2015 e para convidá-los a interagir aqui conosco, pois o letramento, principalmente, acontece por meio dos diálogos cotidianos.

Então, embarcamos em companhia do vídeo “Liderança e trabalho em equipe” que nos rendeu bons comentários tanto pelas reflexões, como pela identificação com os fofos Smurfs Ronaldo é o responsável por essa analogia :D. Claro que não tem a ver só com a cor das nossas camisas, mas, também, pelo contexto de aventura, união e talentos que os envolve! :P

Tah! Daí seguimos viagem e não demorou já podíamos avistar outra passagem não menos descontraída, ao apreciarmos um vídeo do nosso queridíssimo Bruno Miranda, nosso viu, Leticia Medeiros!50 fatos sobre mim”. Os vídeos do Bruno nos garantem gargalhadas, cultura e neste caso motivação para que cada tripulante LLM se rendesse ao clima e falasse 5 fatos sobre si. Pensem no quanto essa tripulação teve para falar sobre seus gostos, fatos cotidianos/peraltices e suas identificações! Se envolveram tanto que quando lhes lembrei que era chegada a hora de seguirmos ouvi um sonoro “ Aaaaah! Já?! Tava tããão bom!” :D

A paisagem que avistamos antes colaborou bastante para o bom aproveitamento da que vinha na sequencia, pois conhecermos nossos companheiros de jornada ajuda demais numa boa produção. Ficamos um tempo a contemplar a formação das equipes que trabalharão juntas para a realização das atividades que desenvolveremos no decorrer das oficinas. Essas equipes foram montadas a partir da escolha das novas autoras do blog: Brenda, Emilly, Joelma, Letícia  e Samara que após trabalharem com suas equipes compartilharão suas produções semanais aqui no LLM. Dessa forma, aproveitamos o momento e discutimos nossas possíveis metas para o ano em curso. Já teremos publicações da equipe de Samara Alessandra durante essa semana. Uhu! Será o que têm em mente? \o/

Avançamos um pouco mais e então chegamos às paisagens do LLM. Foi combinado antes que os tripulantes trouxessem seus PCs e então nos conectamos ao LLM para nos familiarizarmos com sua barra lateral que foi atualizado recentemente e nos lincará à diversas fontes de letramento.

Assim passamos pelo Literatortura que nos proporcionou a leitura  e discussão sobre o texto “70% dos brasileiros não leem. E daí?”  Seguimos para o Toda Poesia – Youtube e lá vibramos com Mariana Correa  recitando Metade  de Oswaldo Montenegro. O objetivo é que em cada visita recomendada na barra do LLM passemos por diferentes vertentes do letramento, por isso na próxima semana a nossa viagem seguirá por onde nos conduzir o LLM.

Acredita que já tinha anoitecido quando ouvimos o “Piuíííí!!?" Então, desembarcamos! Aguardem as próximas aventuras!  Ah!  Interaja com a gente nos comentários. Beijos!

Vamos conferir a galeria?!
Made with Slideshow Embed Tool